Início Notícias Minas Gerais Bolsonaro derrota Janones e reduz auxílio emergencial para R$ 300,00

Bolsonaro derrota Janones e reduz auxílio emergencial para R$ 300,00

O presidente da República Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira que o valor das próximas parcelas auxílio emergencial será reduzidos para R$ 300,00, e que o benefício será pago até o próximo mês de dezembro.

O anúncio foi feito logo pela manhã, após reunião de Bolsonaro com ministros e e alguns poucos parlamentares aliados no Palácio da Alvorada.

“Agora resolvemos prorrogá-lo [o auxílio] por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. R$ 300 reais”, disse o presidente.

O anúncio dessa manha representa uma vitória para Bolsonaro, e uma dura derrota para o Deputado Federal André Janones, que defendia a manutenção do auxílio nos atuais R$ 600,00. Janones foi um dos deputados derrotados no mês de julho, ao tentar emplacar na câmara, a aprovação de uma emenda que obrigava o Presidente a manter o auxílio em R$ 600,00 enquanto durasse a pandemia.

O auxílio emergencial foi instituído com o objetivo ajudar trabalhadores informais afetados pela pandemia. Inicialmente, seria pago em três parcelas de R$ 600, e iria até julho, e foi prorrogado uma primeira vez por mais duas parcelas de R$ 600 e, nas últimas semanas, as alas política e econômica do governo discutiram o novo valor do benefício.

Janones chegou a encaminhar à equipe econômica do Governo, a pedido de Bolsonaro, propostas que apontariam fontes de dinheiro para que o valor atual fosse mantido, mas o Ministro Paulo Guedes não aceitou as sugestões.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here