Cobertura vacinal contra a gripe, em BH, está abaixo do ideal, afirma Secretaria de Saúde

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o número de pessoas vacinadas contra a gripe em Belo Horizonte está abaixo do ideal. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada grupo considerado prioritário, como gestantes e idosos, entretanto, foram imunizados apenas 49,5%.

A dose única e gratuita previne contra três tipos de vírus. De acordo com Lúcia Paixão, diretora de Promoção à Saúde de Belo Horizonte, o vírus Influenza provoca a gripe forte e pode ter complicações mais graves. “Diante de uma infecção respiratória viral, que é o caso do vírus da gripe, ela pode se complicar com infecção bacteriana, como as pneumonias, bronquites e outros que levam ao agravamento do caso e complicações que podem ser fatais”, disse.

A evolução da gripe pode ser mais grave em crianças de seis meses a cinco anos, gestantes, idosos com mais de 60 anos e portadores de doenças crônicas. No caso das mulheres que tiveram um bebê em até 45 dias, a dose é indicada para proteger mãe e filho que ainda não tem o sistema imunológico desenvolvido.

Profissionais como policiais, funcionários do sistema prisional e trabalhadores da saúde também devem se vacinar, uma vez que estão sempre em contato com outras pessoas. Além deles, presos também participam do grupo prioritário, já que ficam em ambiente fechado.

A Secretaria de Saúde informou que a vacina reduz em até 75% o risco de morte relacionado ao vírus. A campanha de vacinação contra a gripe nos postos de saúde vai até o dia 31 de maio.

Fonte:https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2019/05/09/cobertura-vacinal-contra-a-gripe-em-bh-esta-abaixo-do-ideal-afirma-secretaria-de-saude.ghtml

Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here