Coronavírus: Governo entrega parte do hospital de campanha em BH

Ainda será preciso instalar os leitos e contratar pessoal.

Parte do hospital de campanha, que foi anunciado pelo Governo do estado e está sendo montado no Expominas, na Região Oeste de Belo Horizonte, foi entregue nesta sexta-feira (3). Ainda faltam instalar os leitos, que serão abertos de forma gradativa e contratação de pessoal que vai fazer o hospital funcionar.

A parte entregue nesta sexta-feira é como se fosse o esqueleto do hospital. Ainda faltam os equipamentos e os profissionais que cuidarão do espaço. O governo conta com doações e abriu um edital para seleção de pessoal.

A estrutura foi montada para receber pacientes que estejam em recuperação, para desafogar o atendimento em outros hospitais, que possam receber casos mais graves.

Houve modificação na previsão do número de leitos, que seriam de 800 de enfermaria e 100 de UTI. Durante a montagem, observou-se que o espaço não comportaria e a capacidade total será de 768 leitos, sendo 740 de enfermaria e 28 de estabilização. Não haverá mais leitos de UTI, porque verificou-se também que é mais eficaz investir em estrutura de UTI nos hospitais já instalados.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, os leitos serão abertos de forma gradativa, de acordo com a demanda. Inicialmente, não haverá respiradores.

fonte: g1

Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here