Início Notícias Minas Gerais Coronavírus: morre morador de Mariana com Covid-19; é o terceiro óbito em...

Coronavírus: morre morador de Mariana com Covid-19; é o terceiro óbito em MG

O paciente era natural de Mariana, tinha 44 anos e precisou ser transferido para Belo Horizonte para receber cuidados médicos

Morreu, após ser internado em Belo Horizonte, um homem de 44 anos infectado pelo novo coronavírus. A princípio, o paciente, que era natural de Mariana, na região Central de Minas Gerais, não pertencia a nenhum grupo de risco. Contudo, seu histórico de saúde será completamente analisado pela Secretaria Municipal de Saúde de Mariana. Diante dessa confirmação, sobe para três o número de óbitos em decorrência da Covid-19 em Minas Gerais.

primeira morte aconteceu no domingo (29), em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. Trata-se de uma senhora de 82 anos, natural da capital mineira, internada no hospital Biocor após a confirmação do diagnóstico. Ela já sofria de alguma comorbidades, como diabetes e cardiopatias.

segundo óbito aconteceu nessa segunda-feira (30), confirmado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) na terça-feira (31). O paciente era um homem de 66 anos, internado em estado grave no CTI do Hospital Semper, em BH, três dias antes do óbito. Balanço publicado pelo órgão estadual nessa quarta-feira (1º) aponta que 45 mortes suspeitas para Covid-19 são investigadas em Minas Gerais. 

Mariana

A morte de um paciente mais jovem em Mariana acendeu o alerta dos órgãos ligados à saúde no município. O óbito, confirmado pelo secretário de Saúde Danilo Brito nesta quarta-feira (1º), pode ser o primeiro caso de transmissão comunitária na cidade. Até esta manhã, a SES já havia confirmado a existência de duas pessoas com coronavírus em Mariana.

De acordo com o município, esses dois já haviam sido registrados como casos importados – quando o paciente viaja para uma área de risco e, ao retornar, apresenta os primeiros sintomas da infecção. Quanto ao caso do paciente de 44 anos que morreu, o secretário declarou: “No nosso entendimento, é uma transmissão comunitária, ele não deslocou para regiões de risco ou para fora do país”. 

O prefeito de Mariana, Duarte Júnior, reforçou a preocupação durante uma entrevista exclusiva à rádio Super 91,7. “Nós não conseguimos identificar como o paciente foi contaminado. Os outros dois casos confirmados aqui em Mariana, nós já sabíamos que eram importados. É necessário agora que todas as pessoas que tinham contato com ele permaneçam isoladas”, pontuou.

Histórico do paciente

O homem de 44 anos recebeu o primeiro atendimento após apresentar sintomas da Covid-19 na policlínica de Mariana. Após uma rápida evolução de seu quadro de saúde, ele precisou ser encaminhado ao Hospital Monsenhor Horta, no mesmo município, e posteriormente transferido para Belo Horizonte, onde permaneceu internado até a morte. A Secretaria de Saúde de Mariana não esclareceu quanto tempo se passou desde os primeiros sintomas da Covid-19 até o óbito. Novas medidas podem ser adotadas pelo município nos próximos dias.

“Nós não queríamos estar vivendo esse momento, é uma situação delicada. O óbito de um homem de 44 anos, que até o momento não pertencia a nenhum grupo de risco, nos preocupa ainda mais. Vivemos em um país onde tem a percepção do presidente que entende que tudo tem que voltar ao normal, a percepção de governadores que querem fechar tudo e a percepção de alguns outros que entendem que tem que manter o equilíbrio. Nós queremos manter o equilíbrio”, declarou. 

A partir da próxima semana, serão estudadas medidas para apoiar os trabalhadores autônomos do municípios. As famílias cujos filhos estão matriculados na rede municipal de ensino receberão cestas básicas a partir da semana que vem. 

fonte: o tempo

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here