Dona Lucinha, fundadora da rede de restaurantes, morre aos 86 anos em BH

A empresária e cozinheira dona Lucinha, conhecida por ter fundado a rede de restaurantes de comida mineira em Belo Horizonte, morreu na manhã desta terça-feira (9), aos 86 anos, na capital.

De acordo com um dos funcionários da rede, que tem dois estabelecimentos no bairro Funcionários, na região Centro-Sul de BH, e um em Moema, em São Paulo capital, Lucinha não estava internada ou apresentava problemas de saúde conhecidos.

O jornalista Orlando Augusto Carneiro Guerra, de 68 anos, que não é filho natural de Dona Lucinha mas foi criado por ela durante parte de sua vida, conta que a “mãe” morreu um infarto fulminante pouco tempo após acordar nesta terça, em sua casa no bairro Funcionários, região Centro-Sul da capital. “Ela estava rezando, sentada na cama, quando faleceu. Foi em paz”, detalha. 

Ainda segundo ele, Lucinha estava bem na segunda-feira (8), almoçou e jantou normalmente. “Na sexta-feira (5), em um encontro da família, ela chegou a dizer que estava achando que a hora dela estava chegando, que tinha que confessar os pecados, e rezou com alguns dos netos. O clima é de total consternação entre a família”, lembrou. 

Fonte: Anderson Rocha e José Vítor [email protected]

Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here