Janones desbanca senadores e é o mineiro mais influente do Brasil no Congresso Nacional

Nem um dos três senadores de Minas Gerais, nem tão pouco os outros Deputados Federais mineiros chegaram perto de Janones, que, em seu primeiro mandato, reina absoluto em Brasilia.

Pelo menos é o que aponta o ranking FSBinfluênciaCongresso, divulgado esta semana. Por Unidade da Federação, o deputado André Janones (AVANTE), é o parlamentar mais influente de Minas Gerais e o único do estado entre os Top20 do ranking.

O deputado ocupa o 5o lugar do total de 577 parlamentares listados. Em 2018, o indicador já monitorava e media a repercussão de todos os posts dos congressistas no Facebook e no Twitter e nessa edição de 2019 verifica também o Instagram. No recorte estadual, André Janones é seguido pelo deputado Aécio Neves (PSDB), que está em 23o lugar e pela deputada Margarida Salomão (PT), na 46a posição. PT é o partido comais parlamentares nas redes (oito). A bancada de Minas Gerais ficou em 5o lugar no ranking geral.

O ranking estadual também revela que maior parte dos parlamentares presentes nas redes sociais é nova no Congresso. O estado tem 28 estreantes e 25 veteranos. Dos 594 parlamentares, 17 deputados federais, não figuram no ranking porque não postaram no período analisado, porque não possuem perfis públicos nas redes ou porque são suplentes que assumiram o mandato ao longo dos primeiros dias de fevereiro, e por isso só passarão a ser incluídos no FSBinfluênciaCongresso a partir de março.

Para avaliar o desempenho do Novo Congresso nas redes sociais, o Instituto FSB Pesquisa desenvolveu um novo FSBinfluênciaCongresso. Além do Facebook e Twitter, o índice passa a levar em consideração a atuação e a performance dos deputados e senadores no Instagram, rede social que mais cresceu nos últimos anos no Brasil. Hoje, a participação dos deputados e senadores nas redes sociais é ainda maior. Da atual legislatura, que tomou posse em 1o de fevereiro, todos os 513 deputados e 81 senadores estão presentes em pelo menos uma das três redes (Facebook, Instagram e Twitter). Dos 594 congressistas, 100% estão no Facebook, 96,5% no Instagram e 79,3% no Twitter. Na Câmara, além de 100% dos deputados estarem no Facebook, 97,3% estão no Instagram e 78,0%, no Twitter. Já no Senado, onde todos também estão presentes no Facebook, 91,4% têm perfil no Instagram e 87,7%, no Twitter. Metodologia O FSBinfluênciaCongresso monitorou as publicações dos deputados federais e senadores de 1o a 20 de fevereiro.

O monitoramento é 24×7, capturando e analisando o grau de engajamento de todas as publicações feitas pelos parlamentares no Facebook (apenas páginas públicas), no Instagram (apenas perfis oficiais) e no Twitter. Para se calcular a nota de cada parlamentar e construir o ranking, são levados em consideração o número de seguidores, a quantidade de publicações, o alcance das publicações e o engajamento (curtidas, comentários e compartilhamentos) em cada rede social. São aplicados pesos diferentes a cada item, assim como para cada uma das três redes sociais analisadas.


Desenvolvimento de software sob medida

3 COMENTÁRIOS

  1. Espero que vc defenda o povo e diga não a reforma da previdência e sim fazer uma reforma política nos três poderes pra tirar certas mordomias e aposentadorias .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here