Início Notícias Justiça determina internação de adolescente que matou a avó e escondeu o...

Justiça determina internação de adolescente que matou a avó e escondeu o corpo em BH

A adolescente de 17 anos que matou a avó e escondeu o corpo em uma casa dentro de um condomínio de luxo em Belo Horizonte vai cumprir medida socioeducativa e ficará internada, segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O crime ocorreu em janeiro deste ano e foi descoberto no início de março.

A decisão do juiz da Vara Infracional da Infância e Juventude de Belo Horizonte, Emerson Marques Cubeiro dos Santos, foi divulgada pelo TJMG nesta segunda-feira (22). A medida é por prazo indeterminado de até três anos e será revista a cada seis meses.

Ao ser apreendida, a jovem confessou o crime e disse que matou a vítima a facadas em janeiro após uma briga. O corpo de Elizabeth Martins Augusto de Amorim, 57 Anos, estava enrolado em lençóis dentro de um cômodo da casa, no condomínio Villa Borghese, no bairro Santa Amélia, na Região da Pampulha. O quarto estava lacrado com uma lona na tentativa de reduzir a passagem de odor. A jovem chegou a fazer uma festa na casa após o crime.

O processo tramitou em segredo de Justiça. Conforme o Tribunal, o magistrado levou em consideração a confissão da adolescente, as provas testemunhais e documentais para determinar a medida de internação, reconhecendo que ela praticou ato infracional análogo aos crimes de homicídio e de ocultação de cadáver.

Ela deve ser encaminhada à ala de internação do Centro Socioeducativo Feminino São Jerônimo, onde estava acautelada provisoriamente desde 6 de março.

Fonte:https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2019/04/22/justica-determina-internacao-de-adolescente-que-matou-a-avo-e-escondeu-o-corpo-em-bh.ghtml

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here