Mina Gongo Soco da Vale tem movimentação de 4 cm por dia, segundo Defesa Civil de MG

Os moradores de Barão de Cocais voltaram a se assustar com o Complexo da Mina Gongo Soco, da Vale, na Região Central de Minas Gerais. Nesta quarta-feira (15), o clima na cidade era de apreensão. A mineradora informou que um talude da cava da mina se movimentou na segunda-feira (13).

De acordo com o tenente Flávio Coelho Fagundes, da Defesa Civil de Minas Gerais, o “talude norte” está se deslocando cerca de quatro centímetros por dia.

O talude é a estrutura do terreno que foi escavada e forma uma espécie de inclinação da cava. O que preocupa, segundo o porta-voz da Defesa Civil de Minas Tenente Coronel Flávio Godinho é que, caso haja deslocamento da estrutura, ainda não se sabe a força, nem a quantidade de material que seria levado para dentro da cava, que fica atrás da Barragem Sul Superior.

Na noite de terça-feira (14), foi realizada uma reunião entre Defesa Civil Estadual, Defesa Civil Municipal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e comunidade para tratar sobre o assunto.

Em nota, a Vale informou que “está avaliando as possibilidades de eventuais impactos sobre a barragem Sul Superior, distante aproximadamente 1,5 km da área do talude”. Segundo a mineradora, a cava e a barragem são monitoradas 24 horas por dia.

Alerta

No início de fevereiro, as sirenes da Vale foram acionadas pela primeira vez na cidade, depois que a consultoria contratada pela empresa se negou a dar laudo de estabilidade. A Agência Nacional de Mineração tinha determinado a retirada de 239 moradores das comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras.

Em março, a barragem Sul Superior entrou em alerta máximo para o risco de rompimento. As sirenes foram acionadas pela segunda vez, quando o nível de segurança da barragem que estava em 2 foi alterado para 3.

Fonte:https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2019/05/15/mina-gongo-soco-da-vale-tem-movimentacao-de-4-cm-por-dia-segundo-defesa-civil-de-mg.ghtml

Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here