Morre operário soterrado em obra em Ibirité, na Grande BH

Outras duas pessoas ficaram feridas na ocorrência e foram levadas para o hospital da cidade pelo Samu de Contagem

Morreu, na noite desta segunda-feira (18), um dos homens soterrados em uma obra na cidade de Ibirité, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima, identificada pelo Samu como Célio Rodrigues, de 32 anos, estava em um tubulão, que quando foi acessado pelos militares o operário já estava sem vida. O imóvel está localizado na Rua Antônio Marinho Campos, 188, no Bairro Bela Vista.

Além dele, a ocorrência deixou outras duas vítimasUm jovem de 25 anos foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Contagem, que atende Ibirité, ainda na tarde desta segunda. Ele sofreu uma fratura na perna e foi levado ao Hospital de Ibirité.

Outro operário, que também havia sido enterrado, foi socorrido pelo por volta das 19h com vida e levado ao mesmo hospital pelo Samu. Ele estava consciente e foi resgatado após um trabalho técnico dos bombeiros para evitar outro deslizamento de terra no local.

“As equipes continuam trabalhando na retirada (do corpo) dessa segunda vítima. A médica do Samu fez avaliação e constatou o óbito dessa segunda vítima. Foram três vítimas, porém uma delas (o jovem de 25 anos) foi retirada antes da equipe dos bombeiros chegar, pelos próprios moradores”, explica o capitão Tiago Costa, responsável pela atuação dos bombeiros no local. 

Segundo a corporação, três viaturas se deslocaram ao local e isolaram a área. Os militares, de imediato, pediram para que os moradores que estavam nas proximidades saíssem de perto do barranco pelo risco de um novo deslizamento.

Por volta das 18h, eles realizaram o escoramento da estrutura. O objetivo era resguardar a guarnição que trabalha no local. Até mesmo escadas são usadas como apoio do barranco.

Procurada, a Polícia Militar informou que alguns PMs estão no local para prestar apoio aos bombeiros, sobretudo para evitar que curiosos passem pelo isolamento.

fonte: estado de minas

Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here