Início Notícias Minas Gerais Passeata pelo fim da violência contra mulheres marca “Dia Laranja” em BH

Passeata pelo fim da violência contra mulheres marca “Dia Laranja” em BH

Vestidas com camisas laranjas em alusão ao Dia Laranja, que é como esse movimento é marcado, cerca de 200 pessoas, entre mulheres, homens, idosos e crianças se uniram contra as agressões

O basta à violência contra a mulher mobilizou ativistas e comunidade em ato que tomou a Avenida João Pinheiro em passeata da Praça da Liberdade até a Avenida Afonso Pena, em Belo Horizonte, no fim desta manhã de domingo (08). Vestidas com camisas laranjas em alusão ao Dia Laranja, que é como esse movimento é marcado, cerca de 200 pessoas, entre mulheres, homens, idosos e crianças se uniram para conscientizar e cobrar atitudes contra as agressões.


A caminhada “Dia Laranja”, em várias cidades do país, marca o encerramento da mobilização mundial “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”. Na capital mineira a convocação partiu do Comitê de Combate à Violência Contra a Mulher, núcleo do grupo “Mulheres do Brasil”.

Entre as palavras de ordem usadas para marcar a caminhada, estavam a máxima “meu corpo, minhas regras”, que prega a liberdade da mulher e o domínio sobre as decisões que envolvem seus corpos, e o lema de liberdade de decisão contra o importúnio e o assédio muitas vezes sofrido, que diz que “não é não”.


Segundo Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo Mulheres do Brasil, a adesão de vários gêneros e camadas sociais mostra a intenção de dar um basta a esse tipo de violência. ““Não podemos mais aceitar que uma mulher seja morta a cada duas horas e que haja um estupro a cada 11 minutos. Temos que mudar essa realidade urgente, é a união de todos e todas por uma causa global”, afirma.

Fonte: Estado de Minas

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here