Reforços entrosam rápido e Cruzeiro sente menos falta dos pilares de 2018

Arrascaeta e Thiago Neves certamente estiveram na lista de jogadores que o Cruzeiro mais foi dependente em 2018. Hoje, por motivos diferentes, ambos não estão figurando entre os prediletos de Mano Menezes. O uruguaio deixou o clube pela porta dos fundos e rumou para o Flamengo. Já Thiago foi desejado no Corinthians e Grêmio, e preferiu ficar, mas ainda não se livrou do departamento médico, e tem sido pouco acionado pelo treinador. Mas quem imaginava um início de ano com a Raposa carente dos seus principais atletas do ano passado vem se enganando. Apesar de estarem no clube há pouco mais de três meses, alguns novatos já estão provando que podem dar conta do recado, e até se tornarem
os novos pilares da equipe. Nas últimas semanas e meses, o técnico Mano Menezes e seus jogadores citaram a maneira simples e bem estruturada de jogar do Cruzeiro. Na prática, isso auxilia na rápida adaptação de jogadores recém chegados. A começar por Rodriguinho. Ele tem sido testado no time principal e mostrou rápido entendimento com os atletas do setor ofensivo. Na única partida celeste da Libertadores até aqui, foi dele o gol da vitória marcado contra o Huracán.

Fonte:https://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2019/03/19/reforcos-entrosam-rapido-e-cruzeiro-sente-menos-falta-dos-pilares-de-2018.htm
Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here