Início Brasil Politica Rodrigo Maia derrota Janones e Auxílio Emergencial chega ao FIM!

Rodrigo Maia derrota Janones e Auxílio Emergencial chega ao FIM!

A câmara dos Deputados decretou na tarde desta terça feira (22-12), o fim do pagamento do auxílio emergencial para as famílias brasileiras. Para que os brasileiros continuassem recebendo o benefício, seria necessário que os Deputados e Senadores aprovassem alterações na Medida Provisória número mil, que foi editada pelo Governo Federal no dia 03 de setembro, estipulando o fim do auxílio em dezembro de 2020 e reduzindo o seu valor de R$ 600.00 para R$ 300,00. O desfecho da matéria representa uma derrota especial para o Deputado André Janones (Avante-MG) e uma vitória para o atual presidente da câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ). Janones e Maia travam uma longa batalha desde o mês de março, quando o auxílio foi instituído. Janones sempre defendeu a prorrogação do auxílio, bem como sua manutenção no valor de R$ 600,00 e chegou a enviar propostas para o Ministro Paulo Guedes e para o Presidente Jair Bolsonaro, apontando fontes de financiamento para tanto. No sentindo contrário, Maia sempre defendeu o discurso de responsabilidade fiscal e respeito ao teto de gastos, sustentando a tese de que a prorrogação do auxílio levaria o país à falência. Na última sexta feria (18-12), Maia chegou a pautar a MP mil, após ser provocado e atacado diretamente pelo Presidente Jair Bolsonaro e também após forte pressão de Janones, que chegou a levar um bolo para a câmara para “comemorar” os 100 dias que a MP aguardava pra ser pautada, além de realizar um protesto, em frente o Congresso Nacional, com direito a uma faixa em que cobrava os parlamentares para que votassem a MP como um “presente de natal” para os brasileiros mas, após líderes da base governista e do chamado “centrão” obstruírem a pauta, ele recuou e impediu que a matéria fosse votada. Janones continuou pressionando, chegando a usar a tribuna e suas redes sociais, onde tem forte engajamento, para atacar e cobrar Rodrigo Maia, que se manteve frio e venceu a queda de braço com o Deputado Mineiro, mantendo a MP mil longe da pauta até que o fim do ano legislativo, que se deu hoje com a realização da última sessão do ano. Maia saiu vencedor de um duelo que pode se repetir em breve, já que Janones deve disputar a presidência da câmara na eleição do próximo dia 01 de Fevereiro, justamente contra um candidato ungido pelo próprio Rodrigo Maia, que tentará fazer seu sucessor. Aguardemos os próximos capítulos mas, por hora, Maia é o grande vencedor.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here