Sem trégua! Março será chuvoso e BH tem previsão de pancadas com ventos de até 50 km/h

Fevereiro vai chegando ao fim, mas o que não está perto de acabar são as chuvas em Minas Gerais. Na capital mineira, por exemplo, pancadas são aguardadas ao longo da tarde desta quinta-feira (27). As precipitações podem vir com ventos de até 50 km/h (veja abaixo).

O BHAZ conversou com o meteorologista Claudemir de Azevedo, do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), para entender o por que da chuva não parar. É bom lembrar que BH registrou um volume maior de chuva do que a média histórica nos dois primeiros meses do ano.

“A chegada de uma frente fria favorece a continuidade do período chuvoso e teremos precipitações em todo o Estado nos próximos dias. A primeira semana de março ainda terá queda na temperatura, o que favorecerá uma sensação de frio”, disse.

As chuvas esperadas deverão acontecer até mesmo em regiões mais secas como o Vale do Jequitinhonha e Norte de Minas.

Para ser ter ideia da quantidade de chuva que poderá ser registrada em BH, basta analisar a média histórica. “Março tende a ser mais chuvoso que fevereiro. O mês que está por vir tem em média 198 mm de chuva”, informa Claudemir.

BH em alerta

A Defesa Civil de Belo Horizonte publicou no começo da tarde desta quinta-feira 27 um alerta de pancadas de chuva. O comunicado informa que as chuvas podem chegar aos 40 mm (milímetros).

Além das rajadas de vento são esperados raios na capital. O alerta é válido até às 8h de sexta-feira (28).

Confira o acumulado de chuva em fevereiro até o dia 25:

  • Barreiro – 315,2 (173,8%)
  • Centro Sul – 311,8 (171,9%)
  • Leste – 231,6 (127,7%)
  • Nordeste – 222,8 (122,8%)
  • Noroeste – 306,0 (168,7%)
  • Norte – 178,0 (98,1%)
  • Oeste – 366,4 (202,0%)
  • Pampulha – 270,4 (149,1%)
  • Venda Nova – 238,8 (131,6%)

A média climatológica para o mês é 181,4 mm.

Cuidados

  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva.
  • Não atravesse ruas alagadas ou deixe crianças brincando na enxurrada e nas águas dos córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial em áreas de encostas e morros.
  • Jamais se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199).
  • Se você observar o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil (199).
  • Em caso de raios: não permaneça em áreas abertas e altas, não use equipamentos elétricos.

fonte: bhaz

Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here