Vítima de queda de avião em BH deixa CTI após 41 dias internada

Passageiro da aeronave teve evolução no quadro clínico e foi transferido para a enfermaria; monomotor caiu em bairro residencial, deixando quatro mortos

Um dos feridos na queda de um avião monomotor em Belo Horizonte foi transferido do CTI (Centro de Tratamento Intensivo) para a enfermaria do Hospital João 23, nesta segunda-feira (2), 41 dias depois do acidente.

Na manhã do último 21 de outubro, a aeronave saiu do Aeroporto Carlos Prates, na região Noroeste da capital mineira, e caiu sobre carros que estavam em uma rua do bairro Caiçara, na mesma região. Duas das quatro pessoas que estavam no avião morreram. Entre elas, o piloto Allan Duarte, de 29 anos.

Pedro Antônio Barbosa, de 54 anos, estava em um dos veículos que foi atingido e morreu no local. O pedreiro ia para o trabalho com o amigo Paulo Jorge de Almeida, de 61 anos. Almeida, que já estava foram do carro, também morreu.

O paciente que deixou o CTI é Thiago Funghi Alberto Torres, de 32 anos, que viaja como passageiro no monomotor. O dono do avião, Srrael Campras dos Santos, de 33 anos, segue internado na Unidade de Tratamento de Queimados do Hospital João 23.

De acordo com a unidade de saúde, os dois feridos estão estáveis, respirando sem ajuda de aparelhos e apresentam evolução no quadro clínico.

Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here