Vizinhos idosos brigam, e um deles morre a facadas em BH; irmão da vítima fala em racismo

Fato aconteceu no Bairro Tirol, na Região do Barreiro, na noite desse domingo

Uma briga entre vizinhos terminou em uma morte a facadas na noite desse domingo no Bairro Tirol, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Os dois homens, idosos de 65 62 anos, teriam uma “rixa” antiga, fato confirmado por algumas testemunhas. O irmão da vítima disse à Polícia Militar que a motivação para a morte seria racismo. O boletim de ocorrência não informa cor nem raça dos dois envolvidos.

O idoso de 65 anos é o suspeito do crime. Ele alega ter chegado em casa de carro quando viu o outro senhor, de 62, no portão, esperando-o com um bastão. Nisso, o suspeito alega ter pego uma faca em seu veículo. O momento seria de “acerto de contas”, informou o possível autor, de acordo com a PM.
A luta corporal teve início. O suspeito teria conseguido desarmar a vítima e continuado com golpes de faca. Ele percebeu que o vizinho não reagia mais, tomou o bastão e saiu do local, alegando medo de ser linchado. Enquanto isso, seu carro foi apedrejado. A PM foi acionada por populares e outros vizinhos que notaram a movimentação intensa. Os militares encontraram o suspeito não muito distante do local da briga. Ele estava com a faca, com o bastão e com a roupa suja de sangue. O idoso, que estava sendo guardado pelo filho, foi preso em flagrante. 
Com o suspeito, além das armas brancas, foi encontrado um celular e R$ 1.237 em dinheiro. Primeiramente, ele foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPABarreiro, pois estava com uma lesão no cotovelo. Depois, ele foi levado à 3ª Delegacia de Polícia Civil, também no Barreiro.

fonte: estado de minas

Desenvolvimento de software sob medida

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here